Sporting 1 x 2 Borussia Dortmund: Leão “dorminhoco” deixa Borussia fugir na primeira parte

Onzes Iniciais:

Sporting Clube de Portugal: Rui Patrício, Schellotto, Coates, Rúben Semedo, Zeegelar; William, Elias, Bryan Ruíz, Markovic, Gelson Martins; Bas Dost;

Borussia de Dortmund: Bürki, Passlack, Bartra, Papastathopoulos, Ginter; Weigl, Kagawa, Götze, Pulisic, Dembele; Aubameyang;

Casa cheia em Alvalade para receber a equipa que, para muitos, é das mais promissoras da Europa e que tem os melhores adeptos do mundo. Falamos, claro, do Borussia de Dortmund. A mancha amarela ia invadir Lisboa, se bem que desfalcada. Thomas Tuchel, o treinador do Borussia, chegou a Alvalade com muitas dores de cabeça tendo de descartar da comitiva jogadores como Marco Reus e o português Raphaël Guerreiro.

O pontapé de saída da partida foi dado pelo Sporting. Ainda as equipas estavam na fase de reconhecimento quando surgiu o golo dos alemães marcado por Aubameyang. O avançado gabonês acelerou com a bola pela esquerda deixando para trás o apático Zeegelar e Rúben Semedo que não teve fôlego para acompanhar a sua velocidade e depois picou a bola por cima do guarda-redes dos leões, Rui Patrício, que ainda saiu para tentar evitar o golo mas Aubameyang a fazer um enorme chapéu que só acabou no fundo das redes leoninas. Aos 10 minutos, 1-0 para o Borussia.

pierre

Aubameyang no momento em picou a bola sobre Rui Patrício para fazer o 1-0.

A equipa visitante encontrava-se por cima do encontro e Christian Pulisic fez soar outra vez os alarmes da defesa sportinguista com uma impressionante “cavalgada” desde o seu meio campo e a conseguir alcançar a área do Sporting. Com Rúben Semedo no seu encalce, o jovem de 18 anos rematou por cima da baliza.

Elias ia marcando o golo do Sporting aos 32′, não fosse uma intervenção milagrosa do guarda-redes suíço, Bürki. O médio brasileiro a rematar a bola e o guardião do Borussia a conseguir desviar o esférico da sua baliza com o ombro. A equipa de Dortmund não se fez rogada e teve duas oportunidades consecutivas para ampliar a sua vantagem. Primeiro, Aubameyang após cruzmento de Ousmane Dembele a ficar perto do golo. Depois foi a vez de Patrício emendar uma má saída à bola com uma defesa espantosa a remate rasteiro do ponta-de-lança dos alemães.

Os leões podiam ter chegado ao empate no primeiro tempo mas o golo foi anulado por falta de Bas Dost sobre Bürki. O Borussia agradeceu e antes do intervalo marcou o 0-2 por intermédio de Weigl. O médio alemão trabalhou bem sobre um defesa do Sporting e com um grande remate à entrada da área a conseguir ampliar a vantagem da turma alemã.

Uma exibição cinzenta do Sporting até ao intervalo que fazia com que a vantagem do Borussia de Dortmund se justificasse por causa do excelente entendimento colectivo dos alemães.

Os verde e brancos regressaram mais impetuosos do balneário e foi Gelson Martins a dar o mote. O extremo internacional português a ficar perto do golo com um remate de trivela. Só a intervenção de Bürki, embora incompleta, impediu o Sporting de reduzir o marcador para voltar a entrar no jogo.

O intervalo parecia ter feito bem à turma de Alvalade que entrou mais agressiva no segundo tempo e conseguiu meter o adversário, por momentos, no seu meio campo. O golo do Sporting acabaria por surgir ainda antes do minuto 70 depois de uma asneirada do central ex-Barcelona, Marc Bartra. O espanhol atrasou uma bola aparentemente controlada pelo seu guarda-redes o que levou o árbitro, Damir Skomina, a marcar livre indireto contra o Borussia. Depois de um toque de William Carvalho, Bruno César a rematar forte para marcar o primeiro dos leões.

Ainda estava o estádio a celebrar o primeiro golo quando Bas Dost desperdiçou o empate. O ponta-de-lança holandês a cabecear sem marcação depois de um cruzamento de Joel Campbell e a bola a sair a milímetros do poste da baliza de Bürki. Os adeptos do Sporting ficaram incrédulos com o falhanço do avançado.

O Borussia tentava livrar-se da pressão que estava a ser exercida pelo Sporting para chegar ao empate e conseguiu quando Pulisic efectuou um remate forte que foi beijar o travessão da baliza defendida por Patrício. O jovem americano a dominar a bola fora da área e a desferir um golpe que poderia ter arrumado com o jogo a favor dos alemães. Nos últimos minutos, Schelotto podia ter restabelecido a igualdade mas a cabecear a bola para as mãos de Bürki.

No final do jo

No final do jogo, os jogadores leoninos estavam claramente desapontados com o resultado.

Quando o árbitro apitou para o final do encontro o desalento era visível na face dos jogadores do Sporting. A equipa de Alvalade vê assim o Borussia a afastar-se na tabela classificativa, liderando agora o grupo F com 7 pontos, os mesmos que o Real Madrid de Cristiano Ronaldo. O Sporting está no terceiro lugar com 3 pontos, fruto da vitória sobre o Légia de Varsóvia que ainda não pontuou nesta fase de grupos.

 

 

Anúncios