Estoril e Deportivo empatam na abertura do Leiria International Football Cup

Texto de David Agostinho

O primeiro jogo do Leiria International Football Cup pôs frente a frente o Estoril Praia e os espanhóis do Deportivo da Corunha.

Com uma manhã bem fresca, foi preciso esperar pelo minuto 12 para aquecer um bocadinho.  Primeiro remate a pertencer à equipa que viajou da galiza – Jorge Diaz a testar a atenção do guarda-redes estorilista João Castilho.

Estava melhor o Deportivo nesta primeira parte que conseguia explorar bem as faixas laterais e foi precisamente daí que surgiram os lances mais perigosos protagonizados pela formação espanhola.  Aos 24 minutos outra vez Jorge Diaz. Desta feita a passar bem pelo lateral direito do Estoril e a rematar para nova defesa de João Castilho.

Na segunda parte, felizmente, o jogo aqueceu, prova disso mesmo foi o maior número de faltas cometido de parte a parte.

Aos 13 minutos o primeiro lance de verdadeiro perigo para a equipa do Estoril. Martim Cerqueira, a ganhar um ressalto em zona frontal e a fazer a bola embater no poste esquerdo da baliza defendida por Brais que ficou pregado ao chão.

Quatro minutos volvidos, canto para o Depore, Antonio Fàbregas (Toni) a saltar mais alto que toda a gente e a bater Edgar Rodrigues que entretanto substituíra João Castilho. Estava feito o primeiro da manhã e do torneio.

Reagiu bem o Estoril. Aos 23, outra vez Martim Cerqueira, o mais inconformado na formação canarinha. Diagonal a partir do corredor direito e remate para defesa segura de Brais.

No último lance da partida, já para lá da hora, é assinalada, do lado esquerdo do ataque do Estoril uma falta que deixa algumas dúvidas. Na conversão do livre, Martim Cerqueira, sempre ele, cruzou a bola para o interior da área com esta, sem tocar em ninguém, a entrar na baliza do Depor.

Empate a um, resultado justo num jogo onde as duas equipas encaixaram uma na outra.

Destaques do Estoril:

 Martim Cerqueira (91) – Bom jogo do extemo do Estoril. Foi o dos que mais teve bola durante o jogo, mostrando-se o mais inconformado quando a equipa ainda perdia. O golo foi um prémio justo.

João Castilho (33) – Muito bem o guarda-redes canarinho. Bastante atento em todos os momentos do jogo, mostrou-se destemido a sair aos lances discutidos com o adversário.

Destaques do Deportivo:

 Antonio Fàbregas (19) – Um golo que mostrou bem a autoridade no jogo aéreo do jogador espanhol. Só por aí merece o destaque.

Jorge Diaz (16)– Foi quem criou o primeiro lance de perigo do Depor. Mostrou pormenores técnicos agradáveis.

Jogaram:

Estoril: João Castilho; João Reis, Osmar Salvador, Diogo Teixeira e Nuno Martins; Diogo Gomes, Afonso Fernandes, Alio Djalo, Martim Cerqueira e Guilherme Albuquerque; Samuel Gonçalves

Jogaram Ainda: Edgar Rodrigues, Isaque Abreu, Lucas Xavier, Pedro Teixeira, Henrique Pereira e Pedro Castelo

Deportivo da Corunha: Brais; Toni, Dani, Victor e Alvaro; Antón, Nils, Martin, David, Novoa; Jorge.

Jogaram Ainda: Alvaro Campo, Iago, Javi, Padin, e Bujan.

Anúncios