FC Porto 1-3 Marítimo: Madeirenses humilham dragão no último jogo do ano

O FC Porto recebeu hoje – poucos dias antes do final do ano corrente e após ter assumido a liderança do campeonato – o Marítimo, jogo a contar para a Taça da Liga CTT. Mesmo depois de ter declarado as ambições em vencer o troféu (o único que a equipa portista nunca venceu), era de esperar que Julen Lopetegui realiza-se várias alterações no onze inicial, tendo em conta o jogo de grau de importância elevado no sábado, frente ao Sporting.
André Silva estreou-se como titular na equipa principal do FC Porto.

As equipas entraram em campo pouco ambiciosas . A bola foi dominada pela equipa azul-e-branca mas sem que esta conseguisse criar situações de perigo. O primeiro lance que mais fez tremer a defesa da equipa madeirense, foi um remate de Maicon à barra (22′), ainda que logo de seguida tenha sido assinalado fora-de-jogo ao central brasileiro.
Começaram a ouvir-se assubios no estádio do Dragão por parte dos (poucos) adeptos portistas, perante a lentidão que a turma de Lopetegui estava a utilizar nos processos ofensivos.
A equipa percebeu as críticas e procurou agitar o jogo. No espaço de um minuto realizou dois remates que levaram algum perigo para a baliza de Salin. Um por parte de Victor Garcia e outro por André Silva.
O melhor momento da equipa portista chegou mesmo ao minuto 40′. Excelente cruzamentode José Angel e André Silva, com uma excelente receção, rematou à figura de Salin.
Mais uma vez o jovem avançado mostrava que queria estrear-se da melhor forma.

O árbitro Vasco Santos apitava para o intervalo numa altura em que o FC Porto atravessava a melhor fase do jogo e estava a encostar o Marítimo ao seu meio-campo defensivo. Já a equipa madeirense ia para o balneário depois de realizar uma primeira parte de baixo nível.

 

andré silva

O jovem avançado, André Silva, foi titular pela primeira vez na equipa principal do FC Porto

 

Para a segunda parte Julen Lopetegui deixou André André no banco e lançava o francês Imbula.
Ainda o jogo estava a aquecer e a equipa do Marítimo já surpreendia.. Com um golo (48′)! Excelente livre de Rúben Ferreira, onde dentro da área, Fransérgio salta mais alto do que todos os adversários e finaliza sem hipóteses para Hélton.
Depois de sofrer o golo, os dragões reagiram bem criando boas oportunidades para empatar o jogo nos minutos seguintes.
O jogo estava a ficar partido. A equipa da invicta tentava a todo o custo chegar ao empate, enquanto que o Marítimo jogava no contra-ataque tentando apanhar os azuis-e-brancos descompensados. Até que ao minuto 70′ ampliaram o resultado (0-2) por Alex Soares. Lance de infantis por parte da defesa portista, Marcano desentende-se com Helton e Alex Soares aproveita da melhor maneira, executando um chapéu ao guarda-redes brasileiro e dando conforto no resultado à equipa da Madeira. Surpresa no estádio do Dragão!

A equipa da casa queria reduzir o marcador à força, ainda que sempre sem sucesso. Tanto Aboubakar como André Silva tentaram variadas vezes marcar, mas encontraram um seguríssimo Salin na baliza do Marítimo.

Quando não se esperavam mais alterações no resultado, eis que surgem mais dois golos nos últimos minutos do jogo. Um para cada lado. Primeiro por Marega, a fazer o 0-3 para a equipa do Marítimo (mais uma vez Marcano a não ficar nada bem na fotografia) e logo de seguida por Aboubakar, a reduzir para 1-3 após excelente passe do jovem André Silva.

Ouvia-se o apito pela última vez no estádio do Dragão. O Marítimo causa surpresa num jogo em que Lopetegui sai de campo debaixo de uma chuva de lenços brancos.

mmm

A equipa do Marítimo viajou até à cidade invicta para derrotar uma desinspirada equipa do FC Porto por 1-3

DESTAQUES: 

André Silva: o jovem avançado português estreou-se como titular na equipa principal do FC Porto, realizando uma excelente partida. Procurou por várias vezes o golo e assitiu ainda Aboubakar com um excelente passe para o único golo portista.

Marega: o médio do Marítimo realizou um jogo consistente ajudando ainda a equipa com o segundo golo, que trouxe mais tranquilidade aos madeirenses.

Salin: o guarda-redes do Marítimo esteve muito bem esta noite, encarando todos os lances com muita tranquilidade e segurança.

Anúncios