Por onde andam os talentos do Barcelona B?

Nem todas as equipas se podem de gabar de formar jogadores acima da média…na sua equipa secundária! O Barcelona B pode. E porquê? Porque a lista de nomes que agora são figuras de destaque por esse mundo fora, e que foram lá formados começa a ser extensa. É certo que nem todos os talentos podem subir à equipa A – por razões óbvias – mas a verdade é que, nalguns casos, a saída para outras realidades acabou por ser a melhor opção.

Por isso, e depois de uma pesquisa global, o Box-to-Box escolheu 5 jogadores que saíram da catalunha e que hoje são até estrelas da equipa que representam.
Curioso? Ora veja!

5. Denis Suárez

Denis é apontado como um dos talentos a seguir na La Liga.

Denis é apontado como um dos talentos a seguir na La Liga.

Formado no Celta de Vigo, cedo foi transferido para o Manchester City – onde chegou a representar a primeira equipa – mas em 2013 é que começou a sua viagem rumo ao sucesso. O Barcelona B vai buscá-lo a Inglaterra e não desilude: 7 golos em 36 jogos.
No início desta época, o Villarreal não facilitou e foi buscar o médio espanhol, que já fez o gosto ao pé por uma vez nas 8 oportunidades que teve.

O futuro parece passar por aqui… 

4. Gerrard Deulofeu 

Delofeu é adorado pelos fãs do Everton.

Delofeu é adorado pelos fãs do Everton.

O ala-direito espanhol tem uma carreira algo atípica, com muitos altos e baixos.
Era a estrela do Barcelona B – tendo inclusive participado em 6 jogos da equipa principal – e na época 2013/2014 foi emprestado ao Everton de Inglaterra. Chegou, viu e convenceu. 29 jogos, quatro golos e muita velocidade no corredor direito.
Na época seguinte foi emprestado ao Sevilha, juntamente com o ‘miúdo’ referido no ponto acima. Porém, e ao contrário do colega, não convenceu nem os responsáveis do Sevilha nem do Barcelona sendo vendido neste ultimo mercado de transferências ao…Everton!
Goddison Park agradeceu o regresso de Deulofeu e o avançado espanhol está a corresponder. 11 jogos, 8 assistências e um golo para mais um talento que emergiu no Barça B. 

3. Tello 

Após uma boa primeira época de estreia, Tello tem de lutar por um lugar no onze portista.

Após uma boa primeira época de estreia, Tello tem de lutar por um lugar no onze portista.

Apelidado como um dos melhores talentos da cantera do Barcelona, causou enorme surpresa quando chegou ao FC Porto por mão do então treinador portista Julen Lopetegui. Rápido, ágil, gosta de encarar o adversário de frente.
A primeira época aos serviços dos dragões foi positiva. 37 partidas, 8 golos e algumas alegrias aos adeptos do Porto. 
Nesta temporada a luta pelo lugar num onze de Lopetegui está mais renhida, uma vez que enfrenta a concorrência de Varela e do recém-chegado Corona, numa equipa em que Brahimi tem lugar cativo nas escolhas. 
O empréstimo ao azuis e brancos termina no final da temporada e o rendimento de Tello, até lá, vai interferir na sua carreira.

2. Arteta 

O historial de Arteta mete inveja a qualquer um.

O historial de Arteta mete inveja a qualquer um.

Não é um super-jogador, mas o seu currículo mete respeito a qualquer um. Saiu do Barça B rumo ao PSG, passou pela Real Sociedade e pelo Rangers da Escócia antes de chegar ao Everton onde foi, durante 8 épocas, a estrela da companhia. 
A sua mudança para o Arsenal foi uma surpresa para todos os que acompanham o futebol inglês.
Infelizmente, e fruto das lesões, está a perder fulgor e já não é opção recorrente para Wenger.
A juntar a isso, nunca teve o privilégio de representar a seleção A espanhola resultado do enorme leque de opções para o meio-campo dos ‘nuestros hermanos’.

1. Nolito 

  1. Nolito é uma das figuras da La Liga.

    Nolito é uma das figuras da La Liga.

Quando figurava no Barcelona B era superado pelos nomes de Tello e Deulofeu, mas eis que o destino se encarregou de premiar o ala espanhol que já passou por Portugal.
Estrela do Celta de Vigo, passou pelo SL Benfica quando deixou o Barcelona. Esteve duas épocas no clube da Luz, onde registou na sua primeira temporada números impressionantes: 48 jogos, 15 golos e muitos momentos de bom futebol.
Na época seguinte, o treinador Jorge Jesus decidiu colocar Ola John acima de Nolito e o avançado espanhol rumou, por empréstimo, ao Granda. Chegou em Janeiro, alinhou em 17 partidas e marcou 3 vezes.
O Celta de Vigo não estava a dormir e desembolsou perto de 6 milhões para ir buscar Nolito a Lisboa.
Está na terceira época ao serviço do clube de Vigo e os números convencem até os mais cépticos.
Nesta temporada está na sua melhor forma onde só é superado por Neymar. Nolito tem 7 golos, menos um que o brasileiro do Barça, e três assistências em apenas 9 jogos.

Fontes: zerozero.pt; barcelona.es

Anúncios