Mohamed Coulibaly – “Fejsa gostou muito da minha exibição e disse que era um jogador que não tinha medo de meter o pé à bola”

Mohamed Coulibaly, costa-marfinense de 21 anos, está nas bocas do futebol português. Tudo por causa do golaço e uma exibição de encher o olho frente ao Benfica, na Taça de Portugal. Até Fejsa o elogiou. Tímido fora dos relvados mas um lutador dentro de campo, quer continuar a trabalhar nos limites para chegar mais longe…

O momento do golo de Coulibaly, a meia distância

O momento do golo de Coulibaly, a meia distância. (Foto: Facebook pessoal de Coulibaly)

BOX-TO-BOX (BTB) –  O Coulibaly tem sido muito falado esta semana pela excelente exibição contra o Benfica. Qual foi a sensação de marcar ao clube da Luz? 

MOMO COULIBALY (MC) – Fiquei muito feliz. Sempre com a minha família no pensamento. Os meus irmãos acompanham o futebol português, mas apoiam outros clubes que não o Benfica e isso ainda serviu de motivação extra.

.

BTB – O Vianense sempre acreditou que podia surpreender e ganhar o jogo?

MC – Acreditávamos mas sabíamos que era muito difícil! Quando marcámos ainda acreditámos mais. Foi pena sofrer golo tão perto do final do jogo.

.

BTB – Foi o momento mais alto da sua carreira ou consegue destacar outro?

MC – Sim, foi um momento de sonho. Mas recordo-me de outro jogo, quando estava Mirandela e jogámos contra o Varzim, na zona de subida para a Segunda Liga.  Fiz uma boa partida mas infelizmente perdemos esse jogo por 3-1.

.

BTB – Quais os seus planos para o futuro? Quer fazer carreira em Portugal ou ir para o estrangeiro?

MC – É-me igual. Seja aqui ou no estrangeiro, no fim, tudo se resume à vontade de Deus e aos planos que ele tem para mim.

.

BTB – Acha que o bom jogo que realizou contra o Benfica pode ter servido de rampa de lançamento para outras equipas de escalão superior?

MC – Sim, muitas pessoas ligadas ao futebol viram o jogo. É uma situação normal mas prefiro não dar importância. Vou continuar a trabalhar todos os dias para mostrar o meu valor e ajudar o Vianense.

.

BTB – Depois de fazer aquele grande golo teve outra situação muito parecida, mas dessa vez Júlio César defendeu. Costuma fazer muitos golos de meia distância?

MC – Sim, uma das minhas armas é sem dúvida rematar fora de área.

Fejsa adorou a exibição de Mohamed e fez questão de ir ao balneário do Vianense pedir~lhe a camisola

Fejsa adorou a exibição de Mohamed e fez questão de ir ao balneário do Vianense pedir-lhe a camisola. (Foto: Facebook pessoal de Coulibaly)

BTB – Soubemos que o Fejsa, no fim do jogo, deslocou-se ao balneário do Vianense para lhe pedir a camisola? O que é que ele lhe disse?

MC – Sim. Ele veio-me dizer que gostou muito da minha exibição e que era um jogador que não tinha medo de meter o pé à bola. Ainda tive a sorte de também ficar com a camisola dele.

.

BTB – Como se define como jogador?

MC – Não gosto muito de me definir como jogador mas entre outras virtudes, acho que o destaque vai para a minha boa visão de jogo.

.

BTB – E prefere jogar na posição “6” ou “8”?

MC – Não tenho preferência. Gosto de jogar nas duas posições, tanto a médio-defensivo como a médio-centro.

.

BTB – O telefone do seu empresário não pára de tocar. Já tem conhecimento de clubes interessados ou de alguma proposta em concreto?

MC – Sim, tem-se falado nisso, mas não sei de nada, ainda.

.

BTB – Falam-se de clubes clubes interessados na Primeira Liga e de um clube espanhol? Qual preferia?

MC – As duas realidades são potencialmente boas, mas tudo se resume ao que for melhor para o clube e para mim.

.

BTB – O Coulibaly está há dois anos em Portugal. Como tem sido a adaptação ao nosso país? Fale-nos um pouco sobre como foi vir para um novo país com apenas 19 anos de idade.

MC – Não foi fácil, muito por culpa das diferenças linguísticas e de me encontrar tão distante dos meus familiares. Há cinco anos que não estou com eles. Tenho também de agradecer ao meu empresário.

.

BTB – Tem visto muitas vezes o seu golo ao Benfica?

MC – Sim, foi um momento extraordinário. Nem consigo dar um número certo. Já vi a repetição do meu golo contra o Benfica inúmeras vezes.

Reveja aqui o (agora) famoso golo de Couibaly:

.

Cidade: Porto
Prato comida: Frango estufado
Género de filme: Ação
Ídolo: Yaya Touré
Messi ou Ronaldo: Messi
Clube: Machester City
Desporto (sem ser futebol): Andebol

Anúncios