WEST HAM – LONDRES NÃO É SÓ CHELSEA E ARSENAL

Para quem acompanha a Premier League este artigo pode nada acrescentar, mas para quem não acompanha com muita atenção, vamos dar-lhe uma surpresa. Em Londres, as equipas mais aclamadas são, sem dúvida, Chelsea e Arsenal, no entanto esta época tem-se falado sobretudo no West Ham United.

Os “Hammers” como é conhecida esta equipa londrina tem sido a surpresa da Barclays Premier League. Tentando resumir um pouco daquilo que tem sido este inicio de época para o West Ham, podemos começar por referir o poder económico que existe em Inglaterra para contratar jogadores de grande qualidade. No West Ham, destaque óbvio para Dimitri Payet, ex- Marselha, o francês tem sido preponderante na boa campanha, somando golos e boas exibições.

West Ham United v Everton - FA Cup Third Round Replay

Festejo de Adrián e de Jenkinson.

Como é sabido, uma boa equipa não se faz sem um bom guarda-redes e o espanhol Adrián tem mostrado classe entre os postes e dando grande confiança na sua defensiva.

No eixo defensivo o patrão desta equipa é sem dúvida o ex- Juventus, Ogbonna, irrepreensível no jogo aéreo e no desarme, é defesa de equipa grande.

Zarate-goal_3402571b

Setor ofensivo implacável dos londrinos.

No meio campo, o experiente Alex Song e Kouyaté são jogadores de nível superior que dão grande consistência ao miolo dos londrinos.

Depois do meio-campo para a frente é só escolher, Dimitri Payet, Victor Moses, Diafra Sakho, Andy Carroll ou Mauro Zárate fazem do setor ofensivo uma arma mortífera para qualquer adversário.

O Box-to-Box quer ainda destacar um jogador dos Hammers que cremos seja um jogador que pode a curto prazo ser um dos craques da Premier League. Manuel Lanzini, argentino de 22 anos, é um jogador com um potencial tremendo, formado nas escolas do River Plate, Lanzini é um médio ofensivo desequilibrador, com um talento raro que se for potenciado será um caso muito sério.

lanzini apresentação

Apresentação de Lanzini.

Por fim, o mestre desta equipa é Slaven Bilic, o técnico que tem jeito para a música, estreia-se na Premier League depois de passagens pelo Besiktas, Lokomotiv e seleção croata. Bilic é apologista de um estilo de jogo ofensivo que com certeza trará grandes espetáculos ao jogos do West Ham.

Anúncios