Leão a vapor com Lokomotiv(a) russa

A capital portuguesa acordou às 20h05 para ver o Sporting – Lokomotiv. O calor e algum vento previam um 1º jogo do Grupo H para o clube dos sportinguistas relativamente fácil. De Moscovo, o clube da terra gelada trouxe muitos baldes de água fria. Gelada, lá está.

Sétimo lugar no campeonato russo 2014/2015, Quase falhava o playoff de acesso à Liga Europa, mas ganhou a Taça Russa. Foi este o ano que passou para a equipa que aterrou hoje no relvado do Alvalade XXI. E aterrou da melhor maneira.

Samedov. 12 minutos de jogo. Golo de cabeça depois de uma “fifia” no centro da área dos leões. 0-1. Aterraram e marcaram.

Até ao intervalo o Sporting subiu ligeiramente a intensidade. Lá aqueceu o motor, mas não acelerou grande coisa. E o jogo passou de gelado para morno. Em Alvalade, muito por causa do meio-campo do Sporting, o jogo indiciou mais do que realmente aconteceu. Os leões trocavam a bola, tentavam… Mas a bola não andou muito perto do guarda-redes brasileiro da equipa russa.

Na segunda parte a intensidade aumentou e o Sporting marcou. Bom golo de Montero, que acabou por sair por Slimani, que quando começou a tirar o colete e pouco depois de entrar, viu a equipa leonina a sofrer dois golos seguidos. Aos minutos 55 e 66, respetivamente, Samedov repete a dose e Niasse marca um grande golo. No primeiro, mais uma vez a defesa parecia inapta. No segundo, Niasse parte três rins de uma vez. A defesa do Sporting parecia uma parede rachada. Oumar Niasse concretizou o 1-3.

 

«Escolhi o clube que mais se aproxima da minha qualidade futebolística» disse Aquilani, a uma estação televisiva italiana, a 24 de agosto.

«Escolhi o clube que mais se aproxima da minha qualidade futebolística» disse Aquilani, a uma estação televisiva italiana, a 24 de agosto.

Destaques

Aquilani – Nota-se uma evolução na integração do italiano nos ritmos da equipa. Adrien faz um excelente trabalho no meio-campo e isso ajuda, obviamente, na desenvoltura com que se apresenta Aquilani. Falta alguma forma física, mas está a caminhar no sentido certo. Excelente jogo do italiano.

 

Niasse – Grande, alto, fortíssimo a guardar a bola e a virar para o contra-ataque. Rápido, ágil, e perspicaz. O senegalês parece o ponta-de-lança perfeito para uma equipa como o Lokomotiv. Aquilo que ele fez, no terceiro golo dos russos, ao eixo da defesa do Sporting não pode deixar nenhum central sem ir para casa de mau humor.

 

Anúncios