Académica 1 – 3 Sporting; Leão passa no teste de Coimbra

Depois da derrota em Moscovo, o Sporting procurava o regresso às vitórias e, para tal acontecer, tinha de vencer a Académica, equipa que ainda está em busca do primeiro triunfo no campeonato.

Um jogo que logo aos 5′ minutos teve o seu primeiro golo, com Carlos Mané a empurrar para o fundo das redes defendidas por Lee após um passe de rutura por parte de Adrien. Bom início de jogo pela turma verde e branca que não deixou a briosa respirar durante os instantes iniciais da partida.
Aos 24′ minutos, Islam Slimani, com um chapéu a marcar o 0-2, a responder muito bem ao passe magnífico de Carrilo.
Os estudantes tentavam responder ao golo e aos 30′ minutos é assinalado penálti a favor da Académica com muita contestação por parte dos jogadores e do banco leoninos. Rabiola com classe, não tremeu e concretizou o penálti, marcando assim o primeiro golo da época para os estudantes na Liga. A Académica reduziu o marcador, no entanto, o resultado não se justificava pela exibição com que os homens de José Viterbo estavam a brindar os seus adeptos.
Os leões não desistiram e continuaram em busca do golo. Até ao final da primeira parte, destaque para um suposto penálti que ficou por assinalar a favor do Sporting, o qual originou muitos protestos por parte das hostes leoninas e ditou a expulsão de Jorge Jesus durante o decorrer da primeira metade e do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, já no caminho para os balneários.

A segunda parte foi igual à primeira, sempre um maior caudal ofensivo por parte dos verde-e-brancos enquanto que a turma de Coimbra tentava chegar ao tão ambicionado empate. Aos 68′ minutos, penálti assinalado a favor do Sporting após braço na bola por Fernando Alexandre. Chamado a bater o castigo máximo, Adrien mandou a bola ao poste. O Sporting continuava a tentar marcar o golo da tranquilidade sob o olhar atento de Jorge Jesus na bancada e aos 83′ minutos, novo penálti a favor do Sporting e expulsão de Fernando Alexandre depois de ver o segundo amarelo. Desta vez, foi Aquilani o escolhido para marcar a grande penalidade e, com muita calma, o médio italiano converteu o penálti.

Foi uma vitória justa dos comandados de Jorge Jesus, que procuravam o caminho da vitória depois do desaire moscovita, perante uma Briosa que ainda se tenta encontrar e que sofreu assim a terceira derrota consecutiva no campeonato.

Destaques Sporting

Paulo Oliveira: Mais uma exibição segura do jovem central e a provar o porquê de ser o patrão da defesa leonina. Seguro no corte, interceptando a maioria das investidas do ataque da Académica e com facilidade em fazer jogar e a tirar a bola de território defensivo.

Carlos Mané: Confirmou que a aposta de Jorge Jesus foi a acertada respondendo com um golo e com uma exibição segura. Mostrou disponibilidade para defender e eficácia a atacar. Destaque também para a capacidade do extremo leonino virar o jogo e descobrir os seus colegas com passes de longa distância.

João Mário: Não nos brindou com uma exibição de gala como fez na Supertaça mas percebe-se que este médio é o futuro do meio-campo português. Tem uma capacidade de passe acima do normal e está sempre em busca da opção mais correcta para meter a bola, não arriscando passes que possam eventualmente fazer com que a equipa verde-e-branca perca a posse de bola.

Anúncios