Rabiu Ibrahim – De maior promessa africana para suplente na Eslováquia

“Tem apenas 16 anos mas custou 800 mil euros que o tornam na quarta tranferência mais cara do Sporting nesta época. Proveniente da Nigéria, Rabiu Ibrahim joga no meio campo ofensivo e é considerado um dos mais promissores jogadores africanos. Para além de ter sido o melhor marcador do último campeonato africano do seu escalão, foi também considerado o melhor jogador.
O ainda franzino jogador (1,67 metros e 58 quilos de peso), encontra-se neste momento ao serviço da selecção da Nigéria no Mundial de sub-17, onde tem brilhado ao mais alto nível.

As excelentes indicações que Ibrahim deu durante o período experimental que realizou na Academia de Alcochete obrigaram o Sporting a uma maratona negocial de 7 horas, pois o jogador era pretendido por “tubarões” como Real Madrid, Arsenal e Liverpool. O prestígio internacional da escola de formação do Sporting levou o jovem nigeriano a escolher o clube de Alvalade, onde integrará a equipa de júniores. ” –  escreveu o relvado.sapo.pt no dia 23 de Agosto de 2007.

url

Rabiu prometia muito e todo o universo leonino depositava grandes esperanças no nigeriano

Rabiu Ibrahim chegou a Portugal gozando de grande prestígio e com enormes expectativas, chegando mesmo a ser comparado àquele que é considerado por muitos como o melhor jogador nigeriano de todos os tempos: Jay-Jay Okocha. Chegou e integrou a equipa de Juniores de Alvalade. No entanto, nunca passou do banco na equipa principal e, na época 2009-2010, foi cedido ao Real de Massamá. No emblema do distrito de Lisboa, o nigeriano passou completamente despercebido e, num emblema de tão pequena dimensao, era apenas mais um.

Na época seguinte, desvinculou-se em definitivo do Sporting (sem qualquer jogo oficial disputado) e partiu já com o rótulo de ‘flop’ para a Holanda. Chegou ao PSV com esperanças de mostrar todo o seu futebol que havia despertado tanto interesse há não muitos atrás. E a Holanda parecia, de facto, um país que reunia todas as condições (grande tradição em lançar jovens na equipa principal) para o jovem exibir toda a sua qualidade. Contudo, apenas mostrou o seu futebol em 2 jogos, num total de 20 minutos pela equipa principal.

A Janeiro de 2012, mudou-se já com o rótulo de flop colado na testa para a Escócia, para servir o histórico emblema Celtic de Glasgow. Ainda assim, a história manteve-se a mesma. Não agarrou um lugar, defraudou as expectativas e voltou a desiludir e, muito provavelmente, a ele próprio também. Mais um clube, mais um fracasso. Ainda na Escócia, representou o Kilmarnock e, apesar de ter feito mais jogos do que nas restantes equipas, também não impressionou e voltou a receber guia de marcha desta feita para o nada periférico campeonato da Eslováquia, onde se mantém actualmente. Representa o AS Trencin e conta com 5 jogos disputados e 1 golo marcado.

Já passaram quase 8 anos desde que a sua chegada a Portugal causou furor (quer pela quantia que o Sporting dispendeu, quer pelo protagonismo que carregava) e  Rabiu (24 anos) tem ainda tempo para dar a volta a esta rota de declínio. Resta saber se o jogador tem força mental para confirmar todas as coisas boas que foram escritas acerca dele.

Anúncios