5 revelações da CAN 2015

Kanon (21 anos, Costa do Marfim)

article-doc-c60m-6W7MqmrZvHSK2-227_634x444

O jogador que actua no campeonato holandês pela equipa do ADO Den Haag era um perfeito desconhecido, tanto no contexto internacional como na própria Costa do Marfim. Apesar da sua posição de origem ser de defesa central, aproveitou o facto dos ‘elefantes’ não terem um lateral esquerdo de raiz para entrar direto no onze e atuar a muito bom nível. Um jogador que alia a sua estampa física (1,90m; 85kg) a um bom jogo posicional, tanto a defender como na ajuda ao ataque. Nas bolas paradas, também é um jogador a ter em atenção (marcou 1 golo).

.

Ivan Salvador (19 anos, Guiné Equatorial)

IbanSalvador

Um menino com pés de lã que se veio mostrar na maior competição africana. Ivan Salvador faz parte dos quadros do secundário Valencia (Mestalla) e, sendo opção recorrente na equipa espanhola, entrou de estaca na Guiné Equatorial. O pequeno craque fez uma CAN com grande categoria. Dotado de uma qualidade de passe fora do vulgar, gosta de criar jogo a todo o terreno e ainda aparece muito bem à entrada da área adversária, na procura de finalizar jogadas em golo. Pode estar aqui um diamante em bruto para o treinador Nuno Espírito Santo lapidar.

.

Thievy Bifouma (22 anos, Congo)

10723095_800640523342032_123533533_n

Este é um avançado que atua no Almeria, por empréstimo do Espanyol. No Congo apresenta já 12 internacionalizações. Este jogador foi a grande figura da seleção do Congo na CAN, tendo sido preponderante na campanha até aos quartos de final da principal prova africana. Bifouma apontou 3 golos da sua seleção, tendo como principais caraterísticas a sua velocidade, a sua entrega ao jogo e uma boa capacidade de finalização. Bifouma certamente abriu portas nesta CAN para uma maior visibilidade da sua carreira.

.

Kike Boula (22 anos, Guiné Equatorial)

kike

Um dos jogadores que mais se destacou na surpreendente (e polémica) campanha da Guiné Equatorial. Com um total de 433 minutos de jogo, o número 14 apresentou-se como peça importante no sistema táctico elaborado por Esteban Becker. A sua velocidade foi extremamente bem aproveitada pelos seus companheiros e, mesmo jogando preferencialmente numa das alas, a verdade é que o extremo que actua no Maiorca B apareceu muitas vezes em zonas mais interiores, causando dessa forma inúmeras dificuldades às defesas contrárias. Pode estar aqui um jogador interessante e acessível para algumas equipas profissionais ou para o próprio Maiorca.

.

Aissa Mandi (23 anos, Argélia)

Aissa-Mandi

Apesar da sua selecção ter tido um desempenho um tanto ou quanto desapontante, o certo é que este jogador tem todas as razões para se sentir orgulhoso da sua prestação na CAN 2015. As exibições do defesa direito de 23 anos (titular indiscutível na equipa de Brahimi e companhia) foram bastante elogiadas pela crítica especializada. Joga actualmente no Stade de Reims. É, sem dúvida nenhuma, jogador para outros voos e não deve tardar a sua saída para um clube de maior dimensão.

Anúncios