Marselha – passagem obrigatória para o sucesso

Neste momento o primeiro lugar da liga francesa é ocupado pelo Marselha, sobre as ordens do ‘El Loco’ Marcelo Bielsa. Mas se olharmos para trás, conseguimos ver jogador do top-mundial que já passaram por esta equipa.

O Box-to-Box elaborou um 11, tendo em conta se o clube não vendesse os seus jogadores, e criou-se um recheado de estrelas (a maioria da seleção francesa).  A grande maioria deles jogam nos dos melhores campeonatos da atualidade (Alemão e Inglês):

Na baliza, Mandanda é o guarda-redes obrigatório deste 11 ideal. O internacional francês é dono e senhor do lugar já há meia dúzia de anos e dificilmente o largará..

A defesa é composta por Azpilicueta, N’Koulou, Van Buyten e Taiwo. Todos eles são internacionais e Azpilicueta e Van Buyten ja ganharam vários títulos ao serviço dos seus atuais clubes: Chelsea e Bayern Munique, respetivamente.

O meio-campo é constituído por M’Bia (um dos ‘culpados’ pela vitória do Sevilha na Liga Europa), Valbuena (uma das boas surpresas do Mundial) e Nasri (mago, a par de Silva, no Man City).

Na frente as rédeas ficam a cargo do melhor jogador francês da atualidade Frank Ribery, e os atuais jogadores do Chelsea Remy e Drogba. Aliás, o internacional da Costa do Marfim só esteve um ano no Marselha mas fez nada mais nada menos do que 30 golos em 49 jogos, o que lhe valeu passagem direta para Londres.

201012081195

Se formos ver o global deste 11, ficamos com a sensação que o PSG  provavelmente teria mais dificuldade em revalidar os seus títulos e que o Marselha provavelmente poderia fazer boa figura na Champions, como já fez em outros tempos.

 

Agora veremos quanto dinheiro conseguiu a equipa francesa fazer com as suas vendas:

GR – Mandanda – continua no Marselha                                                                           Sem sdfs

DD – Azpilicueta – 8,8M (Chelsea)

DC – N’Koulou – continua no Marselha

DC – Van Buyten – 3,8M (Bayern Munique)

DE – Taiwo – livre (AC Milan)

MDC – M’Bia – 6M (QPR)

MC – Valbuena – 7M (Dinamo Moscovo)

MAC – Nasri – 16M (Arsenal)

MAD – Remy – 10,5M (QPR)

MAE – Ribery – 25M (Bayern Munique)

PL – Drogba – 37M (Chelsea)

Com este top conseguimos perceber que o clube em questão não faz a melhor gestão de venda das suas pérolas onde apenas conseguiu lucrar pouco mais de 114M . Aliás, destes números só o de Ribery e Drogba são razoáveis, tendo em conta aquilo que eles vieram a produzir nos seguintes clubes.

Anúncios